29/08/2014

PESQUISA

Datafolha: Marina empata com Dilma no 1º turno.

Do G1, em São Paulo
Na pesquisa anterior, divulgada dia 18, Dilma tinha 36% e Marina, 21%. Na simulação de segundo turno, Marina atinge 50% e Dilma, 40%.
Pesquisa Datafolha sobre a corrida presidencial, divulgada nesta sexta-feira (29), indica uma situação de empate entre a presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, e a ex-senadora Marina Silva, candidata do PSB. Cada uma aparece com 34% das intenções de voto. A seguir, vem o senador Aécio Neves (PSDB), com 15%. Na pesquisa anterior do Datafolha, divulgada no último dia 18, Dilma tinha 36%, Marina, 21% e Aécio, 20%.
Na simulação de segundo turno entre Dilma e Marina, a ex-senadora alcançou 50% contra 40% da presidente. Na pesquisa anterior, Marina tinha 47% e Dilma, 43%.


Dilma Rousseff, Marina Silva e Aécio Neves

SUPLICY E DIRCEU, TUDO A VER - TÍTULO MEU


Um balde de água fria: Suplicy não consegue remover da web vídeo que o liga a Dirceu

A juíza responsável pelo caso, disse que a garantia de liberdade crítica é "inerente ao embate político".


suplicygelo1 Um balde de água fria: Suplicy não consegue remover da web vídeo que o liga a Dirceu
Eduardo Suplicy (PT) quer tirar do YouTube um vídeo em que aparece defendendo os condenados no processo do mensalão. Mas a juíza do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, Cláudia Lucia Fonseca Fanucchi, negou o pedido do senador para que as cenas fossem removidas. De acordo com Cláudia, a garantia da liberdade crítica é “inerente ao embate político na disputa do pleito”.

CASSAÇÃO

MPF PEDE À JUSTIÇA DO RIO, CASSAÇÃO DE GAROTINHO E DE SEU VICE.
Do UOL, no Rio
A Procuradoria Regional Eleitoral do Rio de Janeiro propôs uma ação contra quatro políticos do PR, entre os quais o candidato do partido ao governo do Estado do Rio, Anthony Garotinho, e de seu vice, Márcio Garcia, por abuso de poder político e econômico em um evento que seria realizado em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, em junho, mas foi impedido por fiscais do TRE (Tribunal Regional Eleitoral). A informação foi divulgada nesta sexta-feira (29).
Na ação, o órgão do MPF (Ministério Público Federal) pede a cassação dos direitos políticos dos candidatos por oito anos, isto é, até a eleição de 2022. A inelegibilidade, se deferida, resultaria ainda na cassação do registro de candidatura de todos.
Os outros dois denunciados são vereadores em Duque de Caxias e também concorrem a cargos políticos na eleição de outubro. São eles Serginho Corrêa (candidato a deputado federal) e Dr. Maurício (candidato a deputado estadual). Segundo a PRE, a ação tem base na Lei da Ficha Limpa.
O órgão eleitoral relatou à Justiça que os fiscais do TRE impediram a realização do evento em Duque de Caxias depois que diversas irregularidades foram constatadas. O encontro, que foi amplamente divulgado nas redes sociais, aconteceria no ginásio esportivo do Clube dos 500. O público estimado era de 2.000 pessoas. A investigação do TRE apontou que cada participante receberia R$ 30.
Os fiscais do TRE chegaram antes do horário marcado para a realização do evento, quando aproximadamente cem pessoas já estavam no local. Foram apreendidos vários materiais, como um painel com fotos dos três candidatos, ofício da Câmara de Vereadores solicitando ônibus para o evento e assinado por Serginho, contrato de locação de dez ônibus, um caminhão de água e um ônibus.

DELAÇÃO PREMIADA.

DELAÇÃO PREMIADA: HOMEM-BOMBA DA PETROBRAS CONCEDE LONGO DEPOIMENTO À PF E MINISTÉRIO PÚBLICO EM CURITIBA.
O homem-bomba da Petrobras, Paulo Roberto Costa, muito chegado ao Lula, Dilma e Graça Foster, teria esboçado um ar de alívio nesta quinta-feira depois que começou a desembuchar. Agora é esperar para ver o tamanho da encrenca. Há que diga que pode vir "coisa grande" por aí.
O homem-bomba da Petrobras, Paulo Roberto Costa, que fez um acordo de delação premiada na tentativa de minimizar a severidade da pena que pode recair sobre ele, iniciou seu depoimento nesta quinta-feira.
Segundo informou a coluna de Felipe Patury, no site de O Globo, Costa iniciou o depoimento no final da tarde desta quinta-feira, às 18 horas, sendo ouvido por três procuradores federais e três delegados da Polícia Federal. O que se sabe é que até às 22 horas o ex-Diretor da Petrobras ainda continuava com as autoridades.
A Oitiva ocorre em Curitiba, onde o homem-bomba está preso. Costa foi alvo da operação Lava Jato, a mesma que prendeu o doleiro Alberto Youssef.
Na semana passada, o advogado que defendia o homem-bomba, Nélio Machado, deixou o caso quando seu cliente decidiu fazer um acordo de delação premiada com o Ministério Público e a Polícia Federal.
A última notícia que se teve de Paulo Roberto Costa é que teria desabafado quando topou a delação premiada: "se eu contar tudo não haverá eleição".
Fonte: http://aluizioamorim.blogspot.com.br/2014/08/delacao-premiada-homem-bomba-da.html

E COMO DIZIA O LULARÁPIO: "O BRASIL ESTÁ PERTINHO DA PERFEIÇÃO NA SAÚDE"

UCHO.INFO

Mobilização promovida por Dilma no TCU em favor da presidente da Petrobras é vexatória e criminosa.

graca_foster_12Virou baderna – Líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Antonio Imbassahy (BA) classificou como vergonhosa a mobilização organizada pela presidente Dilma Rousseff para proteger a chefe da Petrobras, Maria das Graças Foster, das sanções do Tribunal de Contas da União (TCU). Depois de muito pressionar os ministros do Tribunal, o governo petista conseguiu evitar, na quarta-feira (27), que os bens de Foster fossem bloqueados por ela ter participado da malfadada compra da refinaria de Pasadena (EUA), um dos piores negócios já realizados pela maior estatal do País.
“Dilma defende Graça Foster constrangendo o TCU, com uma disposição que não mostra em relação ao ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli”, criticou o tucano em seu perfil no Facebook. “É o já conhecido ‘combate seletivo’ à corrupção: enquanto protege a atual presidente com unhas e dentes, ataca ex-diretores da estatal”, destacou Imbassahy.
O líder tucano também chamou a atenção para a conduta dos membros do órgão fiscalizador. “Depois de bloquear os bens dos ex-diretores, alguns conselheiros do TCU mudaram critérios de avaliação e julgamento e se submeteram à pressão do Planalto”, disse. “Mais uma ação nociva do PT contra o funcionamento das instituições brasileiras”, completou o parlamentar.
Para o deputado federal João Campos (PSDB-GO), a deliberação do TCU é lamentável. “As instituições não podem se curvar a interesses partidários e ao jogo político. O TCU é, antes de tudo, o protetor do erário em nome da sociedade”, afirmou nesta quinta-feira (28). “Espera-se dos ministros do TCU cada vez mais isenção, imparcialidade e independência na proteção dos recursos públicos e na fiscalização das contas do governo. Essa decisão não tem harmonia com o sentimento da sociedade brasileira”, analisou.
Campos censurou a pressão exercida pelos petistas junto aos ministros do órgão. “A presidente da República e o PT não podem se dar o prazer de usar o seu prestígio e sua força para interferir na independência ou no julgamento de outras instituições. Isso depõe contra a democracia”.
Fora do cargo
A decisão dos ministros do TCU não é definitiva, pois a sessão de quarta-feira foi encerrada após o pedido de vista do ministro Aroldo Cedraz. Contudo, o placar – 5 votos contrários ao bloqueio de bens e dois a favor – não deve ser revertido, disse ontem o “animado” advogado-geral da União (AGU), ministro Luís Inácio Adams. Por determinação de Dilma Rousseff, ele se prestou ao papel de visitar cada um dos ministros e fazer sustentação oral em defesa de Foster.
No começo de agosto, o deputado Carlos Sampaio (SP), que é titular do PSDB na CPI Mista da Petrobras, condenou a conduta de Adams nesse episódio e defendeu a saída dele da AGU. “Mantê-lo no cargo seria o mesmo que continuar patrocinando interesses privados, e não públicos”, enfatizou Sampaio. “É mais do que evidente que sua postura constitui ato atentatório à dignidade e ao decoro do cargo que ocupa, razão pela qual, nos termos da Lei dos Crimes de Responsabilidade, o mesmo deve ser afastado de suas funções”, acrescentou.
Genuflexório palaciano
Que Luís Inácio Adams, advogado-geral da União, é mais um dos muitos capachos que frequentam o Palácio do Planalto todos sabem, mas é inaceitável que um servidor desse naipe se preste a serviço tão degradante e fora das suas atribuições. O responsável pela AGU prestando-se a papel tão pequeno mostra o quanto o Brasil regrediu em termos de credibilidade, depois que Luiz Inácio da Silva, o lobista de empreiteira, chegou ao poder central.
De forma criminosa, sem que a população tivesse reagido em algum momento, a máquina estatal passou a servir um partido que nos últimos anos mostrou sua inconteste vocação para o banditismo político. A Petrobras tem advogados, os quais poderiam ter feito o mesmo trabalho vergonhoso de Adams. Ademais, se a intenção de Maria das Graças Foster é preservar o patrimônio doado de forma bisonha aos próprios filhos, que a presidente da petroleira contrate um advogado particular para cuidar do tema. No momento que o governo destaca o advogado-geral da União para missão tão pífia, não é errado pensar que há algo muito grave que Foster sabe e ainda não contou.
Em qualquer país minimamente sério e com uma população capaz de reagir, o Tribunal de Contas da União já estaria cercado, pois é imprescindível que os bens da presidente da Petrobras sejam bloqueados para garantir a reparação do prejuízo bilionário causado pela compra da obsoleta e superfaturada refinaria de Pasadena.

GAROTINHO E A JUSTIÇA.

Eletrodomésticos, fraldas e remédios: a campanha de Garotinho na mira da Justiça.

Candidato ao governo do Rio de Janeiro chegou a doar quase 60.000 reais em fogões, máquinas de lavar e smartphones em apenas uma semana


Daniel Haidar, do Rio de Janeiro

Deputado Anthony Garotinho PR/RJ
Deputado Anthony Garotinho PR/RJ (Leonardo Prado/Agência Câmara/VEJA)
Na primeira incursão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) no Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio de Janeiro, fiscais encontraram nesta quarta-feira material de campanha do candidato ao governo do estado pelo PR, Anthony Garotinho, junto de cem caixas de remédios e 200 formulários do programa Cheque Cidadão. A ação encontrou indícios de que o projeto – mantido pela prefeita de Campos dos Goytacazes e mulher de Garotinho, Rosinha Matheus – é usado com finalidade eleitoral pela campanha dele. Mas esse não é o único problema de Garotinho com a Justiça Eleitoral nestas eleições. O ex-governador é investigado pela Polícia Federal por distribuir, em uma semana, quase 60.000 reais em eletrodoméstico no programa "Fala Garotinho", da Rádio Manchete. Técnicos coordenados pela juíza Daniela Barbosa, chefe de fiscalização do TRE, monitoraram o programa de rádio de Garotinho e se espantaram com os vultuosos valores gastos para distribuir máquinas de lavar, fogões, geladeiras e smarphones. 


Eletrodomésticos distribuídos por Garotinho (em R$)

Brindes Quantidade Distribuída Preço Unitário na loja A Preço Unitário na loja b Valor Total (mínimo) Valor total (máximo)
Fogão 54 299,90 294,40 15.897,60 16.194,60
Microondas 30 209,90 284,90 6.697,00 8.547,00
Geladeira 01 porta 22 949,00 901,55 19.834,10 20.878,00
Rádio portátil 30 79,11 89,00 2.373,30 2.670,00
Lavadora 06 kg 09 739,90 819,90 6.659,10 7.379,00
TV 14" 08 389,00 381,23 3.049,84 3.112,00
Ventilador 05 107,91 140,71 539,50 703,50
55.050,40 59.484,10
O valor foi estimado pelo tribunal a partir dos preços desses produtos em duas grandes redes varejistas. A tabela (reproduzida acima) foi anexada à decisão judicial.  A magistrada ordenou que a distribuição de brindes fosse interrompida e questionou como o candidato conseguiu distribuir tantos produtos sem patrocínio. Garotinho declarou à Justiça Eleitoral patrimônio de 303.538,65 reais e gastou o equivalente a 16% desse patrimônio em apenas uma semana. Hoje, Rosinha é a apresentadora do programa. 
"Neste embalo, a cada semana o candidato distribui, no mínimo, 1/6 do valor de seu patrimônio declarado. É preciso analisar se a distribuição desmesurada de brindes e vantagens ao eleitor em potencial não é mero disfarce para aliciar o eleitor mais humilde e, assim, angariar votos. O programa não tem contrapartida financeira nem por meio de patrocinadores, tampouco por meio de intervalos comerciais", afirma a juíza na decisão. 
Outra conduta ilegal do candidato foi detectada em Campos dos Goytacazes, onde fiscais fizeram uma vistoria no Centro Cultural Anthony Garotinho. No local, foram apreendidas cerca de cem fraldas, 350 calendários com a foto do candidato, pastas, cartões de visita e um caderno com um cadastro de grávidas e data provável do parto. 
Em entrevista ao site de VEJA, a juíza Daniela Barbosa destacou a importância de ser investigada pelo Ministério Público Eleitoral a origem dos recursos em casos como o de Garotinho. "O assistencialismo vai cooptando as pessoas. Centros sociais começaram a ser muito reprimidos, então candidatos criaram outras práticas assistencialistas. Tem que ser investigado se há origem ilícita nessas verbas", afirmou. 
Garotinho é líder na disputa pelo Palácio Guanabara, com 28% das intenções de voto na última pesquisa Ibope. Com uma ampla rede de distribuição de benesses a eleitores, o Ministério Público Eleitoral investiga quanto desse apoio é legítimo. A juíza Daniela Barbosa menciona indícios de "propaganda eleitoral irregular, abuso do poder econômico e/ou político, captação ilícita de sufrágio (compra de votos), captação e emprego indevidos de recursos de campanha (uso de caixa dois), condutas vedadas a agentes públicos e improbidade administrativa".
Leia também: TRE apreende remédio com material de Garotinho
TRE pede tropas federais para patrulhar eleições no RJ


MERCADO FINANCEIRO

Mercado financeiro celebra a onda Marina Silva.

Carla Jiménez, El País
O Brasil dormiu Dilma Rousseff e acordou Marina Silva nos últimos dias com a reviravolta nas pesquisas eleitorais. A pesquisa do instituto Ibope de quarta-feira, que revelou um salto no número de seus potenciais eleitores, virou o humor do país. Marina, do Partido Socialista Brasileiro (PSB), tem 29% das preferências, a petista Dilma tem 34%, enquanto Aécio Neves, do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), 19%.
Se nas redes sociais se estabeleceram os debates contra e a favor do avanço da ambientalista, na Bolsa de Valores de São Paulo ela já é tida como a próxima titular no Palácio do Planalto. A bolsa fechou na quarta-feira em 60.950 pontos, seu melhor resultado desde janeiro de 2013. Os analistas atribuem o desempenho à divulgação da pesquisa eleitoral, que colocou Marina num movimento ascendente, com capacidade de bater Rousseff no segundo turno.

Leia mais em O mercado financeiro celebra a onda Marina Silva

A candidata à Presidência Marina Silva

"FALSO PEDIDO"

PT quer retirar do ar falso pedido de votos de Lula para Marina.

Fernanda Krakovics, O Globo
O presidente do PT, Rui Falcão, anunciou, ontem, que o partido vai tomar medidas judiciais para retirar da internet um vídeo no qual, por meio de uma montagem, o ex-presidente Lula pede votos para a candidata do PSB à Presidência da República, Marina Silva.
Originalmente o petista gravou apoio para Marina Santana, candidata do PT ao Senado em Goiás. No vídeo que circula na internet, foram acrescentados a abertura e o encerramento do programa oficial de Marina no horário eleitoral gratuito na TV e cortada a parte em que identifica Marina como candidata ao Senado por Goiás.

Leia mais em PT vai à Justiça para retirar do ar falso pedido de votos de Lula para Marina

Rui Falcão assiste vídeo falso de Lula pedindo votos para Marina

QUATRO MOTIVOS

Quatro motivos pelos quais Marina incomoda PT e PSDB.

Gabriel Garcia
Insatisfação do eleitorado
Marina conseguiu o que nenhum outro candidato havia conseguido: capitalizar a insatisfação do eleitorado com a política brasileira. De acordo com pesquisa da Confederação Nacional dos Transportes (CNT), mais de 70% dos insatisfeitos manifestaram intenção de votar em Marina. No ano passado, quando a população foi às ruas protestar, Marina era a preferida de pouco menos de 30% dos eleitores.
Religião e política
Política e religião acabam vinculados. Em 2010, Dilma perdeu votos por causa da defesa do aborto. Abandonou o tema na campanha. Marina é evangélica. A formação cristã ajuda. Em 2002, Anthony Garotinho disputou a eleição presidencial, conquistando 15,1 milhões de votos, 17,8%. Quase tira o ex-governador de São Paulo José Serra do segundo turno. No primeiro turno, Serra foi votado por 19,7 milhões de eleitores, 23,19%. Lula foi eleito o presidente.
Pai e mãe dos pobres
O PT, sob comando de Lula, vendia a ideia de que se preocupa com os mais pobres. Sem Lula, Marina Silva torna-se dona de tal retórica. Filha de seringueiros e nascida no Acre, Marina foi analfabeta até os 16 anos de idade. Hoje, concorre à Presidência pela segunda vez. Muita semelhança com o discurso de Lula.
Adeus, segundo turno
Hoje com 50 deputados, o PSDB vem perdendo espaço na Câmara a cada eleição. Pode haver ainda mais redução neste ano. Além disso, desde 1994, quando Fernando Henrique Cardoso foi eleito presidente, o partido sempre disputou com chance de vitória. Quando não levou (1994 e 1998), pelo menos foi para o segundo turno (2002, 2006 e 2010). Agora, pode-se tornar mero coadjuvante e ficar fora do segundo turno.

Marina Silva, candidata à Presidência da República pelo PSB

DIÁRIO DO PODER - CLAUDIO HUMBERTO

  • Os “lulistas” do Partido os Trabalhadores já não falam em substituir a candidata Dilma Rousseff pelo ex-presidente Lula, e por ordem dele. É que pesquisa interna, à qual tiveram acesso apenas quatro petistas ilustres, indica que a ascensão de Marina Silva (PSB) é de tal maneira avassaladora que nem mesmo Lula conseguiria evitar sua vitória. Análises internas citam até a hipótese de Marina vencer no 1º turno.
  • A advertência dos analistas do PT é: Marina pode passar à frente e, com o “voto útil” de eleitores de Aécio, vencer no 1º turno.
  • A ordem de Lula é proclamar confiança em Dilma, dizer que Marina é só “uma onda” e preparar a artilharia. Estão vasculhando a vida dela.
  • A candidatura de Marina Silva desnorteou os marqueteiros do PT e do PSDB. Rigorosamente, eles não sabem o que fazer.
  • Neste sábado, Aécio Neves vai participar de um “peladão” no campo do Zico, no Rio, ao lado de craques que marcaram época no futebol.
  • Esta semana foi registrado o 15º suicídio de um policial federal nos últimos dois anos, segundo fontes da própria corporação. José Roberto Correia de Araújo, de Londrina (PR), foi o terceiro caso somente nos últimos cinco meses. Segundo sindicalistas, “o comportamento da direção da PF tem provocado e agravado diversos problemas entre os policiais”, incluindo problemas psicológicos e psiquiátricos.
  • Pesquisa da Federação Nacional da PF em 2013 mostrou que 30% dos policiais já se submeteram a algum tipo de tratamento psicológico.
  • Polícia Federal conta, em todo o País, com apenas 13 mil homens entre delegados, agentes, escrivães, papiloscopistas etc.
  • Para quase 9 mil quilômetros de litoral, a PF dispõe de cerca de 150 homens. Na fronteira terrestre, o contingente não chega a 1.500.
  • O site de Dilma usa dados do Ibope para dizer que ela segue “firme e forte”, mas não menciona a queda de 4 pontos ou o índice de rejeição da petista (36%), tampouco ao favoritismo de Marina no 2º turno.
  • A pedido de Antônio Oliveira Santos, presidente da CNC, o chefão do Sesc reuniu 74 conselheiros no Rio e os orientou a rejeitar recursos do adversário Orlando Diniz contra a chapa da situação, na eleição da entidade. Também discutiram como reverter estragos do afastamento, pela Justiça, do presidente da Fecomércio-MG, aliado de Santos.
  • Durante reunião quarta à noite, a cúpula do Senado analisou o quadro eleitoral nos estados. No DF, a conclusão foi a de que o candidato a governador Rodrigo Rollemberg (PSB) “está com a mão na taça”.
  • Marina Silva lançou luz, ontem, na tragédia do setor sucroalcooleiro. Responsabilizou o governo pelo fechamento de 70 usinas e por outras 40 em recuperação judicial, com milhares de desempregados.
  • Com Aécio Neves em baixa, velha raposa do PMDB ligou para o amigo Romero Jucá (PMDB-RR). “Você não precisava ter declarado voto para Aécio, bastava não apoiar Dilma”. E aconselhou: “É hora de marinar…”.
  • Parecia briga da dupla sertaneja Rio Negro e Solimões, mas não é: o STF vai julgar o conflito entre o Estado do Amazonas, que autorizou um porto próximo ao encontro dos dois rios, e o Iphan, que meteu o bedelho e vetou o projeto, considerando a área “monumento natural”.
  • O banco Itaú de Neca Setúbal, “colaboradora” de Marina Silva, ameaça ir às últimas instâncias para não pagar indenização de R$ 6 mil a ex-cliente que, morando no exterior, teve o nome injustamente negativado.
  • Faltou bom senso, no mínimo, à coordenação de campanha de Magela (PT-DF) ao Senado na edição do último programa eleitoral: um casal de cadeirantes diz que “pulou de alegria” com os feitos do candidato.
  • Já que faz tanta questão de ser chamada de presidenta, seu novo slogan não deveria ser “Dilma, coração valenta”?

28/08/2014

CASO DE POLÍCIA

E OS APOSENTADOS E PENSIONISTAS?

Governo anuncia salário de R$ 788 para 2015; aumento corresponde a um pão com banana por dia.

pao_banana_01Piada pronta – Nos programas da campanha pela reeleição, assim como no primeiro debate entre presidenciáveis, Dilma Vana Rousseff insiste em manter-se agarrada às mentiras. A petista tem enfatizado as conquistas dos trabalhadores sob o manto do PT, mas tudo não passa de uma retórica mitômana e que passa a léguas da realidade.

CADÊ A IMPUGNAÇÃO?

Eleições 2014


No Complexo da Maré, o TRE encontrou dezenas de panfletos de Garotinho e Clarissa e informativos do Palavra de Paz, empresa evangélica do ex-governador
Foto: Reprodução TRE-RJ

TRE: fichas do Cheque Cidadão junto a panfletos de Garotinho.

Ação do TRE na Maré apreendeu formulários de inscrição para benefício e propaganda do candidato ao governo e sua filha Clarissa.

E NO DOS APOSENTADOS E PENSIONISTAS?

SALÁRIO MÍNIMO EM 2015.
O governo prevê que o salário mínimo de 2015 seja reajustado para R$ 788,06. Caso se confirme a proposta, anunciada nesta quinta-feira (28) dentro do Projeto de Lei Orçamentária Anual para 2015, haverá um aumento de 8,8% sobre o valor atual, de R$ 724. A informação foi publicada em reportagem da Folha de S. Paulo.
Esse valor é uma estimativa. A regra atual aplicada pelo governo estabelece que o salário mínimo de 2015 deve ser reajustado pela soma do crescimento da economia de 2013 com a inflação de 2014, medida pelo INPC, um dos índices de preços do IBGE.

UTILIDADE PÚBLICA





A CONFUSÃO MENTAL DOS IDOSOS ( UTILIDADE PÚBLICA )
Confusão mental do idoso ( leia, é pequeno, importante e sério )

Principal causa da confusão mental no idoso 

Arnaldo Lichtenstein, médico

Sempre que dou aula de clínica médica a estudantes do quarto ano de Medicina, lanço a pergunta:   

- Quais as causas que mais fazem o vovô ou a vovó terem confusão mental?

Alguns arriscam: *"Tumor na cabeça".
Eu digo: "Não". 

Outros apostam: "Mal de Alzheimer" 

Respondo, novamente: "Não".

A cada negativa a turma se espanta.... E fica ainda mais boquiaberta quando enumero os três responsáveis mais comuns:

- diabetes descontrolado;
- infecção urinária;     
- a família passou um dia inteiro no shopping, enquanto os idosos ficaram em casa.

Parece brincadeira, mas não é. Constantemente vovô e vovó, sem sentir sede, deixam de tomar líquidos.

Quando falta gente em casa para lembrá-los, desidratam-se com rapidez.
A desidratação tende a ser grave e afeta todo o organismo. Pode causar confusão mental abrupta, queda de pressão arterial, aumento dos batimentos cardíacos ("batedeira"), angina (dor no peito), coma e até morte..

Insisto: não é brincadeira.
Na melhor idade, que começa aos 60 anos, temos pouco mais de 50% de água no corpo. Isso faz parte do processo natural de envelhecimento.
Portanto, os idosos têm menor reserva hídrica.

Mas há outro complicador: mesmo desidratados, eles não sentem vontade de  tomar água, pois os seus mecanismos de equilíbrio interno não funcionam muito bem.

Conclusão:Idosos desidratam-se facilmente não apenas porque possuem reserva hídrica menor, mas também porque percebem menos a falta de água em seu corpo. Mesmo que o idoso seja saudável, fica prejudicado o desempenho das reações químicas e funções de todo o seu organismo.
Por isso, aqui vão dois alertas:
1 - O primeiro é para vovós e vovôs: tornem voluntário o hábito de beber líquidos. Por líquido entenda-se água, sucos, chás, água-de-coco, leite, sopa, gelatina e frutas ricas em água, como melão, melancia, abacaxi, laranja e tangerina, também funcionam. O importante é, a cada duas horas, botar algum líquido para dentro. Lembrem-se disso!


2 - Meu segundo alerta é para os familiares: ofereçam constantemente líquidos aos idosos. Ao mesmo tempo, fiquem atentos. Ao  perceberem que estão rejeitando líquidos e, de um dia para o outro, ficam confusos, irritadiços, fora do ar, atenção. É quase certo que sejam sintomas decorrentes de desidratação.

"Líquido neles e rápido para um serviço médico".

(*) Arnaldo Lichtenstein (46), médico, é clínico-geral do Hospital das Clínicas e professor colaborador do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).

Gostou?

Então divulgue.
 

Seus amigos merecem saber!

JANTA COM JESUS E ALMOÇA COM O DIABO.

GAROTINHO.


O DENUNCIANTE ESTÁ PRESO E O LADRÃO GENOINO, SOLTO. QUE PAÍS É ESSE? TÍTULO MEU

STF nega pedido de Jefferson para cumprir prisão domiciliar.

Carolina Brígido, O Globo
O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) negou o pedido feito pelo ex-deputado Roberto Jefferson de cumprir em casa a pena de sete anos e 14 dias à qual foi condenado no processo do mensalão. Por cinco votos a três, os ministros levaram em conta laudo médico do Instituto Nacional do Câncer (Inca) segundo o qual não há necessidade de permanência em casa para a realização do tratamento.
O relator, ministro Luís Roberto Barroso, iniciou a votação negando o pedido. Ele lembrou que a pena terá sido cumprida em um sexto em 24 de abril de 2015. Como Jefferson está no regime semiaberto, nesta data ele poderá progredir para o aberto – e, só então, terá a possibilidade de ir para casa.

Leia mais em STF nega pedido de Jefferson para cumprir prisão domiciliar

Roberto Jefferson teve recurso negado pelo STF

AÉCIO

Aécio promete cortar um terço dos cargos comissionados.

Lilian Venturini e Gustavo Zucchi, Estadão
O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, afirmou que, se eleito, vai cortar um terço dos mais de 22 mil cargos comissionados mantidos pelo governo federal. Quarto convidado da série Entrevistas Estadão, ele voltou a defender a redução do número de ministérios para enxugar gastos, evitou falar sobre o desempenho de Marina Silva (PSB) nas pesquisas eleitorais e definiu o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso como seu "conselheiro" nesta campanha.
Aécio afirmou estar em estudo por sua equipe propostas de reduzir os custos com a estrutura administrativa do governo federal. Além de diminuir cargos comissionados, o tucano repetiu ser possível governar com a metade dos atuais 39 ministérios.

Leia mais em Aécio promete cortar um terço dos mais de 22 mil cargos comissionados.

Aécio Neve

SEMPRE VOTANDO O QUE O GOVERNO MANDA - TÍTULO MEU

Cinco ministros do TCU votam contra bloqueio de bens de Graça Foster.

Gabriel Garcia
O Tribunal de Contas da União adiou pela terceira vez, ontem, a conclusão do julgamento sobre o bloqueio dos bens da presidente da Petrobras, Graça Foster, no caso da compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, em 2006. O ministro Aroldo Cedraz pediu vista - mais prazo para analisar o processo.
Até o momento, são 5 votos favoráveis ao não bloqueio dos bens de Graça e do ex-diretor da empresa Jorge Zelada, no negócio que causou prejuízo de US$ 792,3 milhões à estatal.
Dois ministros, incluindo o relator do processo, José Jorge, votaram pelo bloqueio dos bens - são 9 ministros no total, mas o voto do presidente da Corte só é contabilizado em caso de empate.
Se não houver mudança de voto, o Tribunal de Contas vai livrar a presidente da Petrobras da responsabilização da compra de Pasadena.
A decisão sobre a indisponibilidade dos bens de Graça estava prevista para a semana passada. O relator pediu a retirada do processo de pauta após “O Globo” revelar que Graça e o ex-diretor da Área Internacional Nestor Cerveró doaram imóveis a familiares quando estourou o escândalo sobre a compra da refinaria.
Por enquanto, está mantido o bloqueio patrimonial de 11 dirigentes e ex-dirigentes envolvidos no caso, entre eles José Sérgio Gabrielli, Paulo Roberto da Costa, Cerveró e Almir Barbassa.
Presente a todo instante no julgamento, o advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, vem pressionando os ministros, numa forma de reforçar o posicionamento do governo.
Por determinação da presidente Dilma Rousseff, Adams defende a individualização do bloqueio de bens e, em plenário, pediu a exclusão da responsabilização de Graça.

 
Presidente da Petrobras, Graça Foster - Foto: Veja

ESCORIAÇÕES

Com escoriações, Marina saiu-se bem, por Ricardo Noblat.

O PT envelheceu. O discurso do PT envelheceu. E é isso que a candidata Marina Silva, do PSB, está passando na cara do seu antigo partido.
Se o que ela diz a empurra para cima nas pesquisas de intenção de voto é simplesmente porque confere com o que acha a maioria dos eleitores.
A verdade é que o PT já foi sinônimo de alegria e de esperança. Não é mais. Virou sinônimo da velha política que tanto combateu.
Com outras palavras, foi essa a mensagem que Marina deixou, esta noite, depois de uma entrevista de 15 minutos no Jornal Nacional.
Bonner e Patrícia Poeta fizeram as perguntas certas e apertaram Marina na medida certa. A candidata soube encará-los com tranquilidade e firmeza.
A resposta à pergunta sobre irregularidades no uso do jatinho da campanha que caiu matando Eduardo Campos, foi a melhor resposta que Marina poderia dar. O que não quer dizer que ela tenha sido convincente. Não foi.
Foi convincente ao responder sobre seu sofrível desempenho eleitoral em seu Estado, o Acre. E menos convincente ao responder sobre a escolha do deputado Beto Albuquerque (PSB-RS) para seu candidato a vice.
Marina é capaz de repetir a frase que todo político gosta de dizer (“Meu compromisso é com a verdade”) e, no caso dela, a frase soar verossímil. Isso é carisma.
Com jeito, em mais de uma ocasião, Marina calou por alguns instantes Bonner e Patrícia. E ainda ousou dizer que Bonner tinha “um certo desconhecimento” a respeito do que perguntava.
Não deixou Bonner aparteá-la quando considerou que o melhor seria continuar falando. E novamente o alfinetou com elegância do afirmar que ele trabalhava “apenas com um lado da moeda”. Foi até atrevida:
- A vida não tem essa simplicidade que você está usando.
Para encaixar na sequência:
- Vou deixar claro para o telespectador.
Então olhou para a câmera e passou a se dirigir diretamente ao distinto público. Àquela altura havia sobrevivido com escoriações à delicada batalha contra Bonner e Patrícia.

Marina Silva

APOIO SÓ COM MUIIIIIITA GRANA.

Aécio e R.R. Soares

R R Soares: sem voto definido ainda
R R Soares: sem voto definido ainda
A campanha de Aécio Neves buscou o missionário R.R. Soares em busca de apoio. O líder evangélico, por enquanto, mantém-se neutro na disputa presidencial.

LULLA E EVO

Lula e Evo no Acre.

Alavancando três companheiros
Alavancando três companheiros
Lula prestigiará três companheiros em campanha numa só viagem: levará Evo Morales ao Acre no dia 10 do mês que vem. O pretexto: a inauguração do complexo de piscicultura do governo estadual, comandado por Tião Viana.
Além de pedir votos ao eleitorado acreano para Dilma Rousseff e Viana, Lula posará com o amigo boliviano, que também está disputando a reeleição.
Por Lauro Jardim

DIÁRIO DO PODER - CLAUDIO HUMBERTO

  • O candidato Aécio Neves (PSDB) não aparenta abatimento com as últimas pesquisas, que o colocam em terceiro lugar na disputa, mas mal disfarça a sua decepção com os casos de suposta traição que chegam ao seu conhecimento. Ontem, a cúpula do PSDB soube que o correligionário Marconi Perillo, candidato à reeleição para o governo de Goiás, até já exibe imagens da presidenta Dilma em sua propaganda eleitoral.
  • Contaram a Aécio que Cássio Cunha Lima (PSDB) relutou muito para exibir uma bandeira do presidenciável, numa carreata na Paraíba.
  • O comando da campanha de Aécio também censura a atitude de Geraldo Alckmin, em São Paulo: posa para fotos, mas ajuda pouco.
  • Aécio mantém a avaliação de que o desempenho de Marina Silva (PSB) nas pesquisas é apenas “uma febre passageira”.
  • …com o candidato Aécio Neves em 3º nas pesquisas, o site tucano “Vamos Agir”, lançado antes, deveria se chamar “Vamos reagir?”
  • O Supremo Tribunal Federal julgará antes de outubro a impugnação da candidatura de José Roberto Arruda (PR) ao governo do Distrito Federal, se houver dúvida constitucional. Fonte do STF garante que casos como o de Arruda terão prioridade. Há precedentes. Em 2010, julgou antes da eleição recurso de Joaquim Roriz, que teve impugnada a candidatura. Ele acabou desistindo em favor da mulher, Weslian.
  • Confiante nas pesquisas, o partido do candidato impugnado planeja criar o movimento “O povo quer Arruda”, para pressionar o Supremo.
  • Arruda tem 3 dias para protocolar “embargos infringentes” ao Tribunal Superior Eleitoral. Depois, será a vez do Supremo Tribunal Federal.
  • O TRE-DF impugnou a candidatura de Arruda por considerá-lo enquadrado na Lei Ficha Limpa. O TSE confirmou a sentença.
  • Pesquisas por telefone, realizadas pelas principais campanhas presidenciais indicaram vitória de Marina Silva (PSB) no debate da Band, terça-feira. Ela apareceu segura e serena, mas determinada.
  • No debate da Band, o candidato Aécio Neves (PSDB) foi o único que não se faz assessorar por um marqueteiro. Convocou para a tarefa apenas Zuza Nacife, que tem experiência apenas em redes sociais.
  • A candidata a presidente Luciana Genro (Psol) rolou o lero quando perguntada sobre planos para segurança pública. Depois se disse frustrada, pois não lhe perguntaram mais nada no debate da Band.
  • Após defender a legalização da maconha no debate na Band, Eduardo Jorge (PV) foi o candidato a presidente mais gozado nas redes sociais. Virou meme. Todos achando que fez por merecer sorvetão na testa.
  • A quatro anos da Copa do Mundo, a Rússia já inaugurou dois estádios. O mais recente foi a Arena Otkrytie que poderá receber 45 mil pessoas e custou cerca de R$ 940 milhões privados. Sem dinheiro público.
  • …tem confusão: o governo do Peru anunciou devassa no contrato do consórcio liderado pela empreiteira Odebrecht para construir o Gasoduto do Sul. A obra está avaliada em quase R$ 16 bilhões.
  • O deputado Renato Simões (PT-SP) acha inevitável o choque entre Marina (PSB) e Eduardo Gianetti, que faz o seu programa econômico. Ele defende a redução do papel do Estado na economia. Ela, não.
  • Dilma (PT) faz render o orçamento de R$ 298 milhões da sua campanha. Já foram vários almoços 0800 com operários e ontem só pagou R$ 1 em restaurante popular no Rio de Janeiro.

  • Nova jabuticaba na política brasileira: o candidato zumbi. A 40 dias da eleição, ninguém sabe se Arruda disputará ou não a eleição no DF.
  • 27/08/2014

    video